Cores na decoração

Postado por

É comum que haja dúvida na hora de compor a decoração da casa, a paleta de cores a ser utilizada é, muitas vezes, um problema. Será que rosa combina com verde? Qual a tonalidade ideal para um cômodo pequeno? Vamos dar uma ajudinha para escolher a paleta ideal para quem quer ousar na decoração e para quem é fã do básico neutro.


Para começar, a roda das cores é essencial, são 12 cores compostas por cores 3 cores primárias (azul, vermelho e amarelo), 3 secundarias (que são a união das cores primárias: laranja, verde e violeta) e 6 terciárias (que são misturas das cores secundárias e primárias: amarelo-esverdeado, amarelo-alaranjado, azul-arroxeado, azul-esverdeado, vermelho-arroxeado e vermelho-alaranjado). Para a boa harmonia dos tons, procura-se seguir um esquema das cores.

Complementares (ou harmonia oposta): são as cores de lados opostos na roda, como vermelho e verde, azul e laranja, etc. Combinadas, produzem um contraste de efeito visual bem agradável.

Análogas: aparecem em sequência no círculo cromático. Usadas juntas (duas ou três cores), formam um conjunto harmonioso, mas sem contraste, pois todas têm uma cor em comum.

Triangulação (ou harmonia de 60°): são as cores que formam a figura de um triângulo no círculo. Escolhe-se uma cor, pulam-se três, e acrescenta-se a próxima na combinação.

Meio-complementares: basta eleger três cores da roda, como o verde e sua complementar, o vermelho. No entanto, no lugar da cor complementar, opta-se por duas harmoniosas, ou seja, uma de cada lado do vermelho.

Vale ainda combinar cores que formam um retângulo ou quadrado; duas cores análogas e uma complementar. Pode-se também optar pela monocromia, utilizando apenas uma cor, normalmente em vários tons, com intensidades variadas. Lembre-se que a monocromia pode ganhar pontos de interesse com peças decorativas contrastantes.

Monocromia


Retângulo

A roda também é dividida em cores quentes e cores frias. Essas cores dão sensações de calma, conforto e tranquilidade (cores frias) ou excitação, alegria e movimento (cores quentes). Na decoração essas cores devem ser pensadas para não serem usadas em ambientes e espaços errados. Uma cor quente em um quarto muito pequeno pode tornar as coisas um pouco claustrofóbicas.

No entanto, usar cores frias em um quarto espaçoso poderia deixar um aspecto monótono, com sentimento que falta alguma coisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *